Como acessar o Embase – atualizado

O EMBASE está novamente disponibilizado pela CAPES.

O Embase é uma base de dados que acessa vários periódicos não disponíveis na PUBMED (MEDLINE), principalmente de origem europeia. Produzido pela Elsevier, contém registros desde 1947. Ele é de fundamental importância para revisões sistemáticas, pois na proposta deste tipo de trabalho, a extensão da revisão bibliográfica é muito relevante.

Há diversos tutoriais e vídeos sobre como usá-lo, porém, não achei nada que explicasse como acessa-lo. Achei o processo um pouco trabalhoso, logo pensei em deixar um tutorial aqui.

Para ter acesso ao EMBASE você pode simplesmente ir até uma instituição de ensino federal, ou qualquer instituição que assine o EMBASE. A proposta do post é que você acesse de casa.

Para o acesso remoto será necessário o e-mail e senha de uma instituição Federal de Ensino, na demonstração usarei o da Universidade Federal do Paraná.

Antes de continuar você precisa saber como funciona o acesso Cafe da Capes ou usar o PROXY do seu computador. Caso não saiba, veja esses posts antes de prosseguir.

Acesso remoto aos Periódicos CAPES II – por login e senha tomando cafe

Portal Capes – acessando de casa pelo PROXY

Tendo o e-mail em mãos e sabendo fazer a configuração proxy ou Cafe, vamos aos detalhes:

 

 

Sobre Edmar Stieven Filho

Médico Ortopedista - Professor de Ortopedia da UFPR - Coordenador da Pós-graduação de Artroscopia e Traumatologia do Esporte da UFPR
Esse post foi publicado em Metodologia Científica, Pesquisa Bibliográfica. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Como acessar o Embase – atualizado

  1. Ligia disse:

    Professor, por favor, tire-me uma dúvida: quando acesssamos os artigos pelo BIREME, ele também capta os artigos da base do EMBASE, certo?
    Gratidão pelos ensinamentos,
    Ligia

    • Ola Ligia, infelizmente não. A base do EMBASE é única e fechada. Ou seja, ela é paga. No caso esta sendo pago pelo governo federal para acesso pelas instituições federais. A base do Medline/PUBMED é aberta, logo você pode acessar o PUBMED/MEDLINE pela BIREME e por muitos outros mecanismos de pesquisa.
      Recomendo o acesso ao EMBASE para trabalhos de revisão bibliográfica, principalmente se o assunto tiver grande repercussão em revistas europeias, que é o forte dessa base de dados.

      att

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s