Fator de Impacto e Índice h

Fator de Impacto e Índice h
Coeficientes científicos

Dentro do mundo da ciência existem vários coeficientes que quantificam a repercussão de um artigo, de um autor, ou ainda, de um periódico. Esses números nos dão uma idéia de como o objeto de estudo está sendo aceito pelos pares.

Também ajuda quem não tem conhecimento na área saber a importância de um periódico ou autor. Por exemplo, até alguém que não sabe nada sobre medicina consegue verificar facilmente que o periódico mais citado é o The New England Journal of Medicine.

O coeficiente científico mais usado é o número de citações. Citações é quando um outro autor cita um determinado artigo nas referências bibliográficas. O número de vezes que um artigo ou autor é citado na literatura está diretamente ligado com a sua repercussão, seja ela positiva ou negativa.

É através do número de citações que se calcula o fator de impacto dos periódicos. O fator de impacto significa o número de citações que um periódico tem num período de dois anos dividido pelo número de artigos publicados.

Veja como saber o fator de impacto de um periódico:

 

 

Logicamente o fator de impacto deve ser usado para comparação de periódicos semelhantes. Não se pode comparar um fator de impacto de uma revista de ciência geral como a Nature com o de uma revista de super especialista.

Outro coeficiente que esta na moda é o índice h. Publicado em 2005 por Hirsch, esse índice relaciona o número de publicações com o número de citações e cria um número que só tem tendência a subir se a qualidade das publicações for subindo também. Este índice pode ser calculado para revistas ou para pesquisadores. Abaixo, veja como se calcula:

1-    Relaciona-se os artigos publicados

2-    Coloca-se em ordem de citação

3-    Identifica-se a relação entre citações e publicações.

Neste exemplo, o índice h é 5, pois o número do artigo, em ordem de citação, não pode superar o seu próprio número de citações.

Em suma, uma máquina de publicar trabalhos de qualidade média e baixa pode fazer diferença no currículo hoje, mas logo não fará mais. Isso ocorrerá mais rápido do que muitos imaginam ou gostariam.

 

 

Onde encontrar o Índice h, fator de impacto e outros?

ISI Web of Knowledge – o site da ISI é o padrão ouro do cálculo de coeficientes científicos e é o mais usado atualmente. Ele pertence Thomson Reuters a maior agência de noticias do mundo. É pela base de dados do ISI que se calcula o fator de impacto das revistas científicas, visto no primeiro vídeo deste post.

Muitas críticas são feitas a este site por ter acesso restrito, o que entra em contra-senso com os objetivos éticos da ciência.

Para ter acesso a esses dados no Brasil é preciso acessar através de um computador de universidade federal ou assinante do postal da CAPES (ver aqui).

Veja o vídeo de como acessar o índice h no site do ISI:

 

 

O Scopus é outra base de dados de artigos científicos que concorre com o ISI. Pode-se calcular os coeficientes científicos por esta base de dados também. A desvantagem do Scopus é a mesma do ISI: acesso restrito.

Veja como ver o índice h e outros no Scopus:

 

 

Outra ferramenta muito interessante para cálculo dos coeficientes científicos é o Publish or Perish. Desenvolvido pela Profa. Anne-Wil Harzing de Universidade de Melbourne, ele calcula os índices científicos de forma muito mais prática e rápida que o Scopus ou o ISI. Também tem a vantagem de não ter nenhuma restrição.

Ao contrário do Scopus e do ISI ele não usa base de dados própria para cálculo dos coeficientes, ele usa o Google Acadêmico, a base de dados científica do Google.

Veja como usar o Publish or Perish:

 

 

 

Existem muitos outros coeficientes científicos. Veja dois que são normalmente usados:

Immediacy índex – número de citações no ano que foi publicado, mostra a repercussão imediata do artigo no meio

Link 1

Link 2

Link 3

 

Cited half-life – tempo que o artigo fica sendo citado

Link 1

Link 2

 

Download da Aula de Coeficientes científicos

Fonte para informações sobre Índice h – Volpato 2008

Agradecimento: Prof. Bido por me apresentar ao site Harzing

Anúncios

Sobre Edmar Stieven Filho

Médico Ortopedista - Professor de Ortopedia da UFPR - Coordenador da Pós-graduação de Artroscopia e Traumatologia do Esporte da UFPR
Esse post foi publicado em Coeficientes Científicos, Metodologia Científica e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s